Últimas Notícias


Servindo Voluntariamente Cabo Verde e a Humanidade

Caros Colegas

Voluntários, Profissionais e Parceiros da Cruz Vermelha de Cabo Verde 

 

8 de Maio - dia mundialmente consagrado ao movimento internacional da cruz vermelha e do crescente vermelho, é um dia também consignado a todos aqueles que, de forma desinteressada auxiliam o próximo com gestos solidários  e de acção humanitária,  contribuindo para o alivio do sofrimento humano em defesa de  boas causas e  da dignidade humana.

Neste memorável dia  é de elementar justiça lembrar o homem que deu mote a esta data, JEAN HENRY DUNANT, o fundador deste vasto e potente  movimento de solidariedade humana. Ele que acreditou na capacidade do homem em transformar o sonho em realidade, a intenção em acção, na convergência de forças e vontades em defesa de um bem comum - a vida e a dignidade das pessoas. 

Neste dia comemora-se também a força e o alcance da nossa rede global humanitária, reconhecesse o inestimável trabalho dos voluntários, colaboradores e profissionais da cruz vermelha, com realce para o momento em que vivemos em decorrência da situação provocada pelo covid-19.

Infelizmente o 8 de maio deste ano é celebrado em contexto particularmente deferente imposto pelo Covid-19, que nos obriga a estarmos fisicamente distantes um do outro, mas mais próximos do que nunca em razão da crescente e complexa demanda humanitária, razão pela qual nos encontrarmos verdadeiramente unidos nesta crise. Pois, o Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho estiveram e estão sempre mais próximo de pessoas quando estes mais precisam, quando os tempos tornam-se mais difíceis e quando a esperança nos parece fora de alcance.

Nas conjunturas difíceis em que a vida das pessoas são ameaçadas, os voluntários e os profissionais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho também demonstram a sua determinação e firmeza, unidos na prestação de ajuda às pessoas em perigo. A intenção inicial de Henry Davison, um dos fundadores da Federação Internacional da Cruz Vermelha, fundada após a pandemia de gripe de 1918, é a nossa intenção de hoje, encontrar a melhor maneira de contribuirmos para o mundo socorrendo-se da nossa experiência com o objetivo de coordenar os esforços das pessoas no interesse da humanidade.

Neste quadro, e considerando o momento atual, a Cruz Vermelha da Cruz Vermelha, tem-se posicionado na linha da frente no combate ao covid-19, desenvolvendo de Santo Antão à Brava diversas ações no campo humanitário, dos quais se evidenciem: 

·       No apoio e na disponibilização das suas infraestruturas, equipamentos, recursos materiais e humanos às entidades oficiais que estão, igualmente, no terreno a combater o Covid-19;

 

·       No funcionamento da sua rede de voluntários e profissionais através dos seus 19 conselhos locais distribuídos pelo país no apoio as estruturas do governo, câmaras municipais e outras organizações no combate ao covid-19; 

·       Na implementação da campanha “Covid-19 doe amor em forma de alimento”, da qual vem recolhendo apoio alimentar e monetário e distribuindo às famílias mais vulneráveis; 

·       Na dissimilação de informações pertinente através do site cruz vermelha. org.cv e das páginas de facebook “ cruz vermelha de cabo verde – sede nacional” e dos conselhos locais; 

·       Na prestação de apoio psicológico direto aos cabo-verdianos, através da página no facebook “Covid-19 acompanhamento psicológica cruz vermelha de cabo verde;

 

·       Na criação de uma plataforma de mobilização de recursos junto de parceiros nacionais e internacionais para assistir as famílias no quadro do covid-19, entre outros.

 

A situação desta crise humanitária sem precedentes vem pressionando a todos nós no sentido de nos adaptarmos às novas formas de voluntariado e de trabalho conjunto com as comunidades.

Todavia, embora a nossa proximidade com pessoas e comunidades vulneráveis ​​vem sendo transformada, continuamos a fazer a diferença na vida das pessoas. E nesses tempos de distanciamento físico, de confinamento domiciliar e de restrições de diversas ordens, também aprendemos a consolar e a demonstrar a nossa solidariedade à distância, continuamos a criar conexões sociais e a desenvolvermos um sentimento de pertença.

Aproveitamos este momento para agradecer a todos e aplaudir os nossos voluntários, profissionais e colaboradores, assim como a todos aqueles que defendem as boas causas.

 Feliz dia da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho!

Obrigado.

Introduza as suas credenciais