Últimas Notícias


Servindo Voluntariamente Cabo Verde e a Humanidade

Genebra, 5 de dezembro de 2019 

Choques e riscos relacionados ao clima estão entre as principais emergências humanitárias que a humanidade enfrenta atualmente, de acordo com uma nova estratégia de uma década adotada pela Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (FICV) hoje em Genebra.

A mudança climática emergiu como uma preocupação crescente por meio de uma consulta exaustiva de dois anos com toda a rede da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho que levou ao desenho da nova Estratégia 2030.

O processo destacou como a mudança climática é uma preocupação crescente para quase todos os 192 Sociedades Nacionais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho.

Falando na 22ª Assembléia Geral da FICV, que atualmente está em andamento em Genebra, o Presidente da FICV, Francesco Rocca, disse:

"A mensagem de nossos membros e de nossos milhões de voluntários não poderia ser mais clara: a mudança climática é uma ameaça existencial que já está alterando completamente o trabalho que fazemos e a vida das pessoas que apoiamos. “O enfrentamento das mudanças climáticas será nossa principal prioridade na próxima década. Isso significa fortalecer a capacidade de cada Sociedade Nacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, para que possam responder efetivamente em seus próprios contextos, além de investir pesadamente em métodos para ajudar as comunidades a se adaptarem. ”

 

 

Caro leitor,

A Cruz Vermelha de Cabo Verde, desenvolve a sua missão em estrita obediência aos seus Princípios Fundamentais - Humanidade, Imparcialidade, Universalidade, Neutralidade, Unidade, Voluntariado, Independência - adoptados por unanimidade na XXª Conferência Internacional da Cruz Vermelha e Crescente Vermelho de 1965.

Neste quadro, para realizar a sua missão, e aproveitando a época festiva que se aproxima, a Cruz Vermelha de Cabo Verde lança a Campanha Solidária “Doe Amor em forma de Alimento” de doação de alimentos não perecíveis (sacos de arroz, feijão, enlatados, etc), a nível nacional, com data de início a partir do dia 30 de Novembro até o dia 20 de Dezembro.

Esta campanha tem o objetivo de arrecadar alimentos e efectuar a doação dos mesmos às comunidades/famílias mais desfavorecidas, identificadas por cada Conselho Local da Cruz Vermelha de Cabo Verde.

Neste contexto, solicitamos A SUA AJUDA nesta campanha, através de doação de alimentos no Conselho Local da Cruz Vermelha da sua região.

Doe Amor em forma de Alimento e faça parte da nossa campanha!

Desde já agradecemos o seu apoio, fundamental para o sucesso desta Campanha Solidária.

O Conselho local da Cruz Vermelha do Município do Tarrafal de São Nicolau, recebeu no dia 26 de Novembro um conjunto de donativos da equipa de bombeiros voluntários de Greater Manchester Fire and Rescue Servive, de Manchester, Inglaterra liderado pelo seu Comandante Paul Lenny.

Os Voluntários da Cruz Vermelha de Cabo Verde – Conselho Local do Tarrafal de S. Nicolau, participaram numa Ação de Capacitação: Desencarceramento, Busca e Salvamento e Combate a Incêndio, em parceria com os bombeiros voluntários de Protecção Civil do Município do Tarrafal de São Nicolau e ministrados Bombeiros do Florian Operation, Manchester, Inglaterra. 

No dia 22 de Novembro na cidade do Mindelo, na sede do conselho local, perante o Presidente da Cruz vermelha de Cabo Verde, Dr. Arlindo Carvalho, foi conferido posse aos órgãos eleitos. Os Membros da Direcção do Conselho Local é liderado pela Presidente Romine Alexandre Lima Fortes Oliveira.
No mesmo dia, a CVCV assinou um protocolo de parceria com a HBS, comprometendo-se a colaborar entre si, com vista a:

-Colaborar nos projectos, programas e acções realizadas nos domínios convergentes das suas intervenções, designadamente, a nivel da saúde e no campo humanitário e social;
- Estabelecer mecanismos de cooperação que tornem possível a participação agregada em projectos, programas e acções que visam promover a melhoria das condições humanas e sociais da comunidade e minimização do sofrimento;
-Contribuir para a promoção dos principios fundamentais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, divulgação do Direito Internacional Humanitário e do voluntariado;
- Velar pela formação e capacitação dos voluntários, dos quadros técnicos e da população geral, para acção em situações de emergência e domínio de condutas básicas de Primeiros Socorros;
- Promover mecanismos que possibilitem a participação efectiva nos programas, projetos e acções no campo social e humanitários da CVCV para a ilha de São Vicente;
- Promover a colaboração institucional com vista à identificação de soluções concretas para com as pessoas mais vulneráveis na ilha;
- Etc.

Introduza as suas credenciais