Na tarde de quinta-feira, 28, a Cruz Vermelha de Cabo Verde realizou, no Conselho Local da Ilha do Maio, o ato de descerramento de Placa de atribuição de nome Adalberto Santos Doko de Luzia, ex-vice presidente do CL daquela ilha.

Adalberto Santos, falecido há 1 ano, foi destacado como vice-presidente do Conselho Local do Maio por muitos anos, tendo dedicando-se a vários projectos sociais, nomeadamente do Jardim Infantil do CL, desde 2004.

Segundo o Presidente do Conselho Local do Maio, Odílio Neves, juntamente com o Adalberto Santos, enquanto Vice-presidente, assumiram a instituição, em 2004, com o intuito de manter voluntários e angariar mais pessoas. “Hoje orgulhamos em dizer que dos 20 e poucos voluntários na altura passamos a ter cerca de 200 voluntários locais espalhados por quase todos os povoados da ilha”, afirma.

A segunda prioridade era construir um edifício adequado para acolher as actividades da Cruz Vermelha na ilha, com o Adalberto sempre na linha da frente a transformar a instituição numa instituição de referência e credibilidade, sem esquecer do apoio das sucessivas direcções locais e dos voluntários.

Odílio Neves aproveitou a oportunidade para anunciar também que a morte de Adalberto Santos abalou-o pessoalmente, pois “viviam para Cruz Vermelha”, e que hoje não se consegue ver como presidente da Cruz Vermelha do Maio, sem o ex- colega de trabalho. Consequentemente, o cargo de Presidente de Conselho Local do Maio será liderado pela Vandira Barbosa, que segundo Odílio Neves “dará um novo rumo ao conselho local e de certeza saberá honrar o nome do eterno amigo Adalberto”.

Odílio Neves agradeceu o Presidente da Cruz Vermelha de Cabo Verde, Dr. Arlindo Carvalho, por ter aceitado a iniciativa de homenagear Adalberto Santos para o futuro da memória colectiva.

NOTICIA 1  NOTICIA2

Introduza as suas credenciais