Foi neste ambiente conturbado ao nível planetário em decorrência da pandemia COVID-19, que os valorosos voluntários da Cruz Vermelha de Cabo Verde, de Santo Antão à Brava, celebraram o dia 8 de maio em celebração ao Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, transportando o bem-estar e a solidariedade humana aos lares das famílias mais desfavorecidas. 

A Cruz Vermelha de Cabo Verde comemorou no passado dia 8 de Maio, dia mundialmente consagrado ao Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, consignado a todos aqueles que ajudam o próximo com gestos solidários e ações humanitárias para o alívio do sofrimento das pessoas, da defesa de boas causas e da dignidade humana.

Foi com esses pressupostos e num ambiente conturbado que os valorosos voluntários da Cruz Vermelha de Cabo Verde, de Santo Antão à Brava, celebraram este emblemático dia, levando conforto e solidariedade humana aos mais necessitados que se encontram confinados nos seus lares motivado pela COVID-19. 

Em reconhecimento à bravura, valentia e inestimável trabalho dos voluntários, colaboradores e profissionais da cruz vermelha, liderada pelo seu Presidente, Dr. Arlindo Carvalho, esta instituição humanitária vem recebendo inúmeras mensagens de apreço, 
conforto e encorajamento tanto dos governantes, como parceiros e amigos enaltecendo o trabalho realizado por esta equipa, desde a eleição, com destaque pelo reconhecido desempenho no combate à COVID-19.

Nesta conjuntura aflitiva que a vida das pessoas estão assustadas, os voluntários e os profissionais da Cruz Vermelha de Cabo Verde tem demonstrado a sua união, determinação e firmeza, posicionando-se na linha da frente em auxílio daqueles que mais precisam, disponibilizando as suas infraestruturas, equipamentos, recursos materiais e humanos, colocando a sua rede de voluntários e outros profissionais dos diferentes conselhos locais espalhados pelo país em apoio às estruturas governativas, organizações sociais, entre outros na recolha de alimentos e produtos de higienização para distribuição aos vulneráveis, entre outros, na tentativa de melhor servir e ajudar a debelar a disseminação do novo Coronavírus.

De várias mensagens de gratidão recebidas, destaca-se a do empresário Augusto Vasconcelos Lopes, membro honorário da Cruz Vermelha de Cabo Verde, que enaltece esta nobre e sagrada Instituição filantrópica, em que os seus serviços têm demonstrado um peso inestimável na situação que o Mundo inteiro tem sido confrontado, e que, em Cabo Verde, a sua voz e os seus feitos, têm sido de enorme valia e dedicação. Continuando disse que não podia deixar de endereçar, ao Sr. Presidente, estas palavras amigas e sinceras, desejando à CVCV a eternização da sua Missão, e o aumento, a cada dia mais, da força e vontade de Bem-Servir a Humanidade.

 

 “O momento difícil que o Mundo atravessa, essa força humanitária nos é preciosa! O seu contributo, tal como tem, tantas vezes, tido impacto no Mundo, nesta hora difícil para todos, se agiganta, e todos os seus participantes merecem honrosas homenagens” enalteceu este conceituado gestor mindelense.

 

No término desta sua mensagem de reconhecimento, Vasconcelos Lopes exalta que a Cruz Vermelha de Cabo Verde, sob o comando do Dr. Arlindo Carvalho, com o seu contributo e dos abnegados voluntários, colaboradores e profissionais vencerão mais esta batalha!

 

Um outro membro honorário que também usou do momento para gratular e aplaudir os voluntários, profissionais, colaboradores e todos aqueles que têm defendido as boas causas e que estão no terreno a pelejar contra este inimigo invisível foi o Sr. Calvelas Vicente, a partir de Portugal.

Em respostas a estas e outras mensagens de reconhecimento e conforto remetidas à Cruz Vermelha de Cabo Verde, o Dr. Arlindo Carvalho, enquanto timoneiro mor desta instituição agradeceu a todos e disse sentir enternecido e honrado e que elas “nos fortalece e reforça a nossa determinação em tudo fazer para o alívio do sofrimento humano e em defesa das boas causas”.

Para depois observar que “juntos somos poucos para a causa pela qual batalhamos no dia-a-dia, mas que juntos somos, também, mais forte, mais resilientes e que a vitória é certa”.

Introduza as suas credenciais