Últimas Notícias


Servindo Voluntariamente Cabo Verde e a Humanidade

A Cruz Vermelha de Cabo Verde e a Câmara Municipal de Santa Cruz assinaram um protocolo de cooperação que incide no aproveitamento das valências de cada uma das partes em benefício da população dessa edilidade. A Cruz Vermelha de Cabo Verde irá colocar as suas experiencias em áreas como a saúde, educação, ambiente, juventude, terceira idade, catástrofe, entre outras, na melhoria das condições de vida das pessoas mais vulneráveis de Santa Cruz, como também ajudá-los a organizar e a garantir o serviço de socorro e emergência às vítimas de calamidade e a promover a participação de crianças e jovens nas atividades desta instituição humanitária.

Uma delegação da Cruz Vermelha de Cabo Verde, chefiada pelo seu presidente, Dr. Arlindo Soares de Carvalho, esteve ontem, 2 de junho do ano em curso, de visita ao Município de Santa Cruz.

Durante a sua estada nesta municipalidade do interior de Santiago, a delegação para além de se inteirar do trabalho dos voluntários do Conselho Local com o aparecimento dos primeiros casos positivos de infeção pelo novo coronavírus teve um encontro de trabalho com o Dr. Carlos Silva, Presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz, que culminou com a assinatura de um importante protocolo de parceria institucional, que vai reforçar a cooperação  já existente entre as duas Instituições, e permitir o desenvolvimento, com sucesso, de programas, projetos e atividades que vai dinamizar e permitir o cumprimento, as Incumbências de ca uma.

O protocolo ora assinado manifesta o reconhecimento de interesse das partes, em institucionalizar as relações de colaboração com o propósito de melhor aproveitar as potencialidades humanas, logísticas e programáticas existentes, em benefício de vantagens advenientes na implementação conjunta de programas e ações nos vários domínios de intervenção local.

Esta parceria vai estimular novas formas de gestão e de governança, através de cooperação nos sectores como o combate a pobreza, a promoção da inclusão social, proteção civil e primeiros socorros face em situações de catástrofe e emergências, o desenvolvimento de programas de apoio às crianças, jovens, idosos, a difusão dos princípios humanitários, a eleição da cultura de paz e de ações humanitárias e sociais com o intuito de minimizar o sofrimento humano.

Para prossecução dessa cooperação as duas instituições comprometeram-se em estabelecer mecanismos que tornem exequível as suas participações nos projetos, programas e ações de forma a melhorar as condições sociais e ambientais do Município de Santa Cruz, de promover os princípios fundamentais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, de divulgar o Direito Internacional Humanitário, de mobilizar os jovens e voluntários para as atividades conjuntas, de capacitar a população para situações de catástrofe, emergências e primeiros socorros, entre outros.

No final do encontro a Câmara Municipal de Santa Cruz disponibilizou a Cruz Vermelha de Cabo Verde um lote de terreno de 300 m2, situado na cidade de Pedra Badejo, destinado a implementação de um projeto social ligado à terceira idade.

Introduza as suas credenciais