Últimas Notícias


Servindo Voluntariamente Cabo Verde e a Humanidade

SENHOR MINISTRO DO ESTADO, DOS ASSUNTOS PARLAMENTARES E PRESIDENCIA DO CONSELHO DE MINISTROS E MINISTRO DO DESPORTO, Dr. FERNADO ELISIO FREIRE, EXCELENCIA,

SENHOR PRESIDENTE DA CAMARA MUNICIPAL DO SAL, Dr. JULIO LOPES, EXCELENCIA,

SENHOR PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DO MUNICIPIO DO SAL Dr. CARLOS SANTOS, EXCELENCIA.

EXCELENTISSIMO SENHOR COMANDANTE DA TERCEIRA REGIAO MILITAR,

EXCELENTISSIMO SENHOR COMANDANTE DA POLICIA NACIONAL,

CAROS COLEGAS VOLUNTARIOS E PROFISSIONAIS DA CRUZ VERMELHA,

DISTINTOS CONVIDADOS,

MINHAS SENHORAS, MEUS SENHORES,

PERMITAM-ME, EM NOME DA CRUZ VERMELHA DE CABO VERDE, E EM MEU NOME PESSOAL, SAUDAR CALOROSAMENTE AO GOVERNO DE CABO VERDE AQUI REPRESENTADO NA PESSOA DO DIGNÍSSIMO MINISTRO DO ESTADO, DOS ASSUNTOS PARLAMENTARES E PRESIDENCIA DO CONSELHO DE MINISTROS E MINISTRO DO DESPORTO, DR. FERNADO ELISIO FREIRE, POR SE DIGNAR AGRACIAR-NOS COM SUA HONROSA PRESENÇA NESTE ACTO CENTRAL DAS COMEMORAÇÕES DO DIA MUNDIAL DA CRUZ VERMELHA E DO CRESCENTE VERMELHO

O NOSSO RECONHECIMENTO SE ESTENDE ÀS DISTINTAS ENTIDADES E CONVIDADOS AQUI PRESENTES, PELO BRILHO QUE QUISERAM, COM AS SUAS HONROSAS PRESENÇAS, PROPICIAR A ESTE ACTO.

DE IGUAL MODO, MANIFESTAMOS A NOSSA PROFUNDA AMIZADE E GRATIDÃO A TODOS AQUELES QUE, DE UMA FORMA OU DE OUTRA, SE ENGAJARAM NA CONSTRUÇÃO DA CRUZ VERMELHA DE CABO VERDE, NA CONSTRUÇÃO DA PAZ E NA DEFESA DOS DESÍGNIOS HUMANITÁRIOS.

CAROS VOLUNTÁRIOS AMIGOS E SIMPATIZANTES DA CAUSA HUMANITÁRIA,

 

ASSINALA-SE O DIA 08 DE MAIO -  DIA MUNDIAL DA CRUZ VERMELHA E DO CRESCENTE VERMELHO.

 A CELEBRAÇÃO DESTA IMPORTANTE DATA, MARCA O ANIVERSÁRIO DO FUNDADOR DO MOVIMENTO HENRY DUNANT, UM HOMEM QUE, ALÉM DE DESPERTAR NAS PESSOAS O SENTIMENTO MAIOR DE AMOR AO PRÓXIMO, FICOU CONHECIDO NA HISTORIA PELA SUA FRASE DE EFEITO ETERNO “SONO FRATELLI” OU “SOMOS IRMÃOS”, QUE SE TORNOU MOTE DESTA GRANDE INSTITUIÇÃO INTERNACIONAL DA QUAL A CRUZ VERMELHA DE CABO VERDE FAZ PARTRE, E REPRESENTA PARA A GRANDE FAMÍLIA HUMANITÁRIA UM MOMENTO DE REGOZIJO, DE REFLEXÃO, MAS TAMBÉM DE CONFRATERNIZAÇÃO, TENDO ESTE ANO COMO LEMA  “UM SORRISO PARA TODOS EM TODOS OS LUGARES”. 

NA DIVERSIDADE DA NOSSA INTERVENÇÃO ENQUANTO VOLUNTÁRIOS, NO TRABALHO DOS NOSSOS PROFISSIONAIS HUMANITÁRIOS, NA UNIVERSALIDADE E NA TRANSVERSALIDADE DAS QUESTÕES HUMANITÁRIAS, NAS ACÇÕES NO QUOTIDIANO E EM GERAL, O RESULTADO QUE SE ESPERA NÃO É MAIS DO QUE LEVAR UM POUCO DE FELICIDADE, CONFORTO E SATISFAÇÃO AOS NOSSOS BENIFICIÁRIOS ESPALHADOS PELOS CANTOS E RECANTOS DE CABO VERDE, DE SANTO ANTÃO A BRAVA, OU SEJA, “UM SORRISO PARA TODOS EM TODOS OS LUGARES”. 

PARA ASSINALAR ESTA IMPORTANTE DATA, A NÍVEL DA SOCIEDADE NACIONAL DA CRUZ VERMELHA, EM TODOS OS SEUS CONSELHOS LOCAIS, QUE SÃO NO TOTAL DEZANOVE (19), VEM SENDO REALIZADAS ACTIVIDADES DIVERSAS ALUSIVAS, CELEBRANDO COM ISTO, A BRAVURA E AS REALIZAÇÕES DOS MAIS DE 17 MILHÕES DE VOLUNTÁRIOS E QUASE MEIO MILHÃO DE COLABORADORES, ESPALHADOS NOS 191 PAÍSES QUE INTEGRAM O MOVIMENTO INTERNACIONAL, QUE ASSEGURAM E QUE MANTÊM VIVO O NOSSO COMPROMISSO DE, COM HUMILDADE E HUMANIDADE, ESTAR SEMPRE PRESENTES, ANTES, DURANTE E APÓS UMA CATÁSTROFE, EPIDEMIA, CONFLITO ARMADO, DILEMAS SOCIAIS, ETC., TORNANDO O SORRISO HUMANO NUM SINAL UNIVERSAL DE PAZ, AMIZADE E FRATERNIDADE.

DE REFERIR, QUE A SOCIEDADE NACIONAL DA CRUZ VERMELHA DE CABO VERDE É UMA INSTITUIÇÃO HUMANITÁRIA, DOTADA DE PERSONALIDADE JURÍDICA, AUXILIAR DOS PODERES PÚBLICOS, EM PARTICULAR DOS SERVIÇOS MILITARES, DE SAÚDE, E NESSA QUALIDADE, VEM TENDO INTERVENÇÕES EM TODO O PAÍS E EM VÁRIOS DOMÍNIOS DESIGNADAMENTE, INFÂNCIA, TERCEIRA IDADE,EDUCAÇÃO, SAÚDE, JUVENTUDE, CATASTROFES, EMERGENCIA, DIREITOS HUMANOS, DIREITO INTERNACIONAL HUMANITÁRIO, RESTABELECIMENTO DE LAÇOS FAMILIARES (RLF), SEGURANÇA ALIMENTAR, MEIO AMBIENTE, CULTURA, DESPORTO, MIGRAÇAO, ENTRE OUTRAS.

CONSTITUIDA SEGUNDO OS PRINCÍPIOS E NORMAS DA CONVENÇÃO DE GENEBRA E SEUS PROTOCOLOS ADICIONAIS, A CRUZ VERMELHA DE CABO VERDE ENQUANTO SOCIEDADE NACIONAL É MEMBRO DO MOVIMENTO INTERNACIONAL DA CRUZ VERMELHA E DO CRESCENTE VERMELHO, A MAIOR REDE HUMANITÁRIA QUE INTEGRA A FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DAS SOCIEDADES DA CRUZ VERMELHA E DO CRESCENTE VERMELHO, O COMITÉ INTERNACIONAL DA CRUZ VERMELHA, E AS SOCIEDADES NACIONAIS DA CRUZ VERMELHA E DO CRESCENTE EM NUMERO ACTUAL DE 191 SOCIEDADES COM A ACEITAÇÃO RECENTE DA SOCIEDADE NACIONAL DA CRUZ VERMELHA DAS ILHAS SALOMÃO.

O MOVIMENTO ACTUA SEMPRE EM ESTREITA OBSERVÂNCIA AOS SEUS SETE PRINCÍPIOS FUNDAMENTAS A SABER, HUMANIDADE, IMPARCIALIDADE, NEUTRALIDADE, INDEPENDENCIA, VOLUNTARIADO, UNIDADE UNIVERSALIDADE, TENDO POR MISSÃO PREVENIR E ATENUAR O SOFRIMENTO HUMANO, COM IMPARCIALIDADE E SEM QUALQUER DISCRIMINAÇÃO, NOMEADAMENTE DE NACIONALIDADE, RAÇA, SEXO, CLASSE, RELIGIÃO OU IDEOLOGIAS POLÍTICAS.

RECONHECIDA PELO ESTADO DE CABO VERDE COMO UMA ENTIDADE AUXILIAR DOS PODERES PÚBLICOS, NO DOMINIO HUMANITÁRIO, A SOCIEDADE NACIONAL DA CRUZ VERMELHA DE CABO VERDE VEM DESENVOLVENDO A SUA MISSÃO EM ESTRITA OBEDIÊNCIA AOS PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS, AS DIRETRIZES E ORIENTAÇÕES DO MOVIMENTO, DESENVOLVENDO PROJECTOS E PROGRAMAS EM TOADAS AS ILHAS E CONCELHOS DO PAÍS. DE DESTACAR QUE, AS SUAS ACÇÕES ESTENDEM POR TODO O PAÍS, DISPONDO PARA ISSO DE DEZANOVES (19) CONSELHOS LOCAIS, MILHARES DE VOLUNTÁRIOS E MAIS DE UMA CENTENA DE PROFISSIONAIS.

ATUALMENTE, A CRUZ VERMELHA TEM SOB A SUA RESPONSABILIDADE A GESTÃO DE 11 (ONZE) JARDINS DE INFÂNCIA, 9 (NOVE) CENTROS DE TERCEIRA IDADE ESPALHADOS POR DIVERSOS CONCELHOS E ILHAS DO PAÍS E, EM EXECUÇÃO, PROJETOS NO DOMINIO DA SAÚDE, VIVER SEM MEDO, FEVE - FRONTEIRAS E VULNERABILIDADES NA LUTA CONTRA A SIDA NA ÁFRICA DE OESTE NO QUADRO DE UMA PARCERIA REGIONAL, CENTRO DE DISPISTE E CONTROLE DE DIABETES. NO QUADRO DE UMA PARCERIA COM COM O MINISTERIO DA SAUDE PARTECIPA FINANCEIRAMENTE E COM INTERVENÇAO DOS SEUS VOLUNTARIOS NOS PROGRAMAS DE DOAÇAO VOLUNTARIA DE SANGUE, NO COMBATE A DROGA, DOENÇAS TRANSMISSIVEIS, DOENÇAS CRONICAS, DROGA, E ASSEGURA A NIVEL NACIONAL FORMAÇOES E CAPACITAÇOES EM PRIMEIROS SOCORROS, PREVENÇAO E GESTAO DE RISCOS DE DESASTRES NATURAIS, CATASTROFES E EMERGENCIAS, APOIO AOS RECLUSOS, FORMAÇAO DOS ELEMNTOS DA POLICIA NACIONAL E DAS FORÇAS ARMADAS EM DIREITO INTERNACIONAL HUMANITARIO (DIH), DIFUSAO DO DIH A NIVEL DA SOCIEDADE E NAS INSTITUIÇOES, ETC.

COM OS PROJETOS SOCIAIS ESPECIFICAMENTE DESTINADOS A INFANCIA E A TERCEIRA IDADE, A CRUZ VERMELHA DE CABO VERDE BENEFICIA DIRECTAMENTE E A NÍVEL NACIONAL, CERCA DE 530 CRIANÇAS E MAIS DE 250 IDOSOS, COM ACOLHIMENTO, ACÇÕES PEDAGÓGICAS E REFEIÇÕES QUENTES. BENEFICIA AINDA, JOVENS E ADOLESCENTES, COM UM LEQUE VARIADO DE ACÇOES DE BENEVOLENCIA E DE SOLIDARIEDADE SOCIAL, DE APOIO AOS ADOSLECENTES E AOS JOVENS EM SITUAÇAO DE RISCO.

DE NOTAR QUE O DIA 8 DE MAIO TEM AINDA UM PARTICULAR E MEMORÁVEL ASSENTO NO CALENDÁRIO MUNDIAL. NESTE DIA, EM MUITOS PAÍSES DA EUROPA SE COMEMORA TAMBÉM O TRINFO DAS FORÇAS DA  PAZ CONTRA AS ATROCIDADES E BARBARIDADES DO FASCISMO E DO NAZISMO DURANTE A SEGUNDA GRANDE GUERRA MUNDIAL, OU SEJA O DIA DA  VITORIA. POIS, É NESTE DIA DA VITÓRIA NA EUROPA, O V-E DAY  QUE OS REPRESENTANTES DA ALEMANHA ASSINARAM O DOCUMENTO OFICIAL DE RENDIÇÃO, PONDO POR VIA DISSO, O FIM DE UMA DAS MAIS SANGRENTAS E DEVASTADORAS GUERRAS DA HUMANIDAE, TENDO O COMITÉ INTERNACIONAL DA CRUZ VERMELHA, PELA SEGUNDA VEZ SIDO GALARDOADO COM O PREMIO NOBEL DA PAZ EM 1944 PELO GRANDE FEITO DURANTE A GUERRA. DE NOTAR QUE NO GERAL, SÃO TRÊS OS PRÉMIOS NOBEL DA PAZ CONFERIDO AO COMITÉ. (1917,1944,

A DATA QUE ORA SE ASSINALA MAIS DO QUE UM MERO RITUAL, REVESTE-SE DE UM PROFUNDO SIGNIFICADO PORQUANTO, FORTIFICA O ESPIRITO DA MISSÃO HUMANITÁRIA, FORTALECE E ESTIMULA A NOSSA FORÇA DE VONTADE NA PROSSECUÇÃO DOS OBJECTIVOS QUE O MOVIMENTO PRECONIZA NO CONTEXTO CABO-VERDIANO.

CAROS VOLUNTÁRIOS AMIGOS E SIMPATIZANTES DA CAUSA HUMANITÁRIA,

COMO DISSEMOS NA ALTURA DA TOMADA DE POSSE DO CONSELHO SUPERIOR EM FEVEREIRO ULTIMO, SÃO INEGÁVEIS AS PROFUNDAS E RÁPIDAS TRANSFORMAÇÕES VERIFICADAS EM TODAS AS DIMENSÕES SOCIAIS, A NÍVEL PLANETÁRIO, E OS MALES DAI DECORRENTES, A QUE NÃO É ALHEIA A NOSSA SOCIEDADE NACIONAL, RAZÃO SUBJACENTE A ALGUMAS REFORMAS INTRODUZIDAS AO LONGO DOS SEUS ANOS DE EXISTÊNCIA. PORÉM, CREMOS QUE A MESMA FICOU MUITO AQUÉM DA DINÂMICA DO DESENVOLVIMENTO DA SOCIEDADE CABO-VERDIANA, CARECENDO HOJE DE SIGNIFICATIVAS REFORMAS NOS DOMÍNIOS QUE FAZEM PARTE DA AREA DA SUA INTERVENÇAO.

NESTE QUADRO, ESTAMOS A TRABALHAR NO SENTIDO DE SE INTRODUZIR NA INSTITUIÇÃO PROFUNDAS REFORMAS, A NÍVEL DA “GOUVERNANCE”, DE POLITICAS HUMANITÁRIAS, DA ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO, TUDO ISSO, NUMA PERFEITA CORRESPONDECIA COM AS REGRAS ESTABELECIDAS PELO MOVIMENTADO INTERNACIONAL E EM ESTREITA ARTICULAÇAO COM O GOVERNO E DEMAIS INSTITUIÇÕES DA REPUBLICA.

PRESENTE EM TODAS AS ILHAS E EM QUASE TODOS OS CONCELHOS DO PAIS, A INSTITUIÇAO TEM DESENVOLVIDO COM SENTIDO DE MISSÃO, AS TAREFAS ACIMAS DESCRITAS, CONSCIENTE, PORÉM, DE QUE O QUADRO SOCIAL EM QUE VIVEMOS REQUER MUITO MAIS, DE TODOS E DE CADA UM DOS SEUS VOLUNTÁRIOS, PARCEIROS E AMIGOS, E SUGERE A TODOS UMA SERIA REFLEXÃO SOBRE OS GANHOS OBTIDOS, OS CONSTRANGIMENTOS QUE SE MANTÊM E OS DESAFIOS QUE SE IMPÕEM ÀS NOVAS ACÇÕES E UM MAIOR ENVOLVIMENTO EM TORNO DOS VALORES E PRINCÍPIOS ELEMENTARES QUE SUSTENTAM E GUIAM O MOVIMENTO INTERNACIONAL DA CRUZ VERMELHA E DO CRESCENTE VERMELHO.

PARA QUE HAJA SEMPRE E EM TODOS OS LUGARES, UM SORRISO NA CARA DOS MAIS DESFAVORECIDOS, DOS MAIS NECESSITADOS, DAS VITIMAS DA DESGRAÇA HUMANA E DOS CAPRICHOS DA NATUREZA, A CRUZ VERMELHA DE CABO VERDE SEMPRE.

BEM AJA O MOVIMENTO INTERNACIONAL DA CRUZ VERMELHA E DO CRESCENTE VERMELHO.

VIVA O DIA 8 DE MAIO.

MUITO OBRIGADO A TODOS.

PRAIA, 05 DE MAIO DE 2018.

O PRESIDENTE NACIONAL,

ARLINDO SOARES DE CARVALHO

Cruz Vermelha de CV e Banco Cabo-verdiano de Negócios juntos para o desenvolvimento do capital humano

A Cruz Vermelha de Cabo Verde (CVCV) e o Banco Cabo-verdiano de Negócios (BCN) assinaram na sexta-feira passada, um memorando de entendimento que visa contribuir para o desenvolvimento do capital humano do país, através de projetos de responsabilidade social desenvolvidos pela CVCV, que tem como grupo alvo as crianças, os adolescentes e idosos.

Com a assinatura deste documento a CVCV compromete-se a manter um relacionamento preferencial com o BCN, elegendo-o com o seu Banco Parceiro de Referência. E por sua vez o BCN compromete-se em disponibilizar à Sociedade Nacional da CV, enquanto instituição elegida, condições especiais na área financeira e na prestação de serviços. 

Para o estabelecimento de condições especiais de preçário para a Cruz Vermelha de CV e para os seus Colaboradores, Voluntários e Premiados dos Jogos Sociais a Instituição humanitária rubricou com o BCN um Protocolo Comercial.

Também a Sociedade Nacional assinou com a IMPAR um Protocolo Comercial, em que a seguradora compromete-se em conceder um Crédito Anual em Seguros, num montante de 500 mil escudos e oferecer condições especiais na subscrição da globalidade dos seguros da CVCV, com base nos serviços e produtos prestados pela referida instituição humanitária. Quanto a Sociedade Nacional da CV tem por obrigação manter um relacionamento preferencial com a IMPAR Seguros, elegendo-a como a sua Seguradora Parceira de Referência.

De notar que a Cruz Vermelha de Cabo Verde é detentora de 4,4% do capital social do BCN, uma forma natural para materialização da política de responsabilidade social do Banco, que por sua vez coloca à disposição da CVCV um conjunto de produtos e serviços bancários e de seguros em condições preferências.

O memorando de entendimento foi assinado pelo Presidente da CVCV, Arlindo de Carvalho e pelo Presidente do BCN, Luís Vasconcelos.

 

SVICENTE

 

Conselho Executivo da CVCV aprova um conjunto de instrumentos da Sociedade Nacional da CV

A Cruz Vermelha de Cabo Verde aprovou na IVª Reunião Ordinária do Conselho Executivo um conjunto de instrumentos da CVCV, designadamente o Regulamento Eleitoral a nível dos Conselhos Locais e, o Memorando Institucional para uma parceria humanitária entre o Governo de Cabo Verde e a Cruz Vermelha.

 

 

 

 

 

Durante a reunião foi feita a leitura e aprovação da ata das reuniões anteriores e o Regulamento de Eleições para os Conselhos Locais. Relativamente ao Memorando de entendimento para uma Parceria Humanitária, solicitado pelo Executivo, entre o Governo e a Sociedade Nacional da CV fez-se uma adenda e foi aprovado para depois ser discutido com o Governo.

 

 

A inauguração do Espaço Integrado do Plateau da CVCV foi também apresentado e discutido, e ficou acordado a sua inauguração no mês de Agosto.

Ainda nesta reunião foi aprovada a nova sede do Conselho Local da Praia que irá funcionar nas antigas instalações do mercado do Paiol, cedidas à CVCV pela Câmara Municipal da Praia.

É de se realçar que a IV Reunião Ordinária mensal do Conselho Executivo foi pela primeira vez realizada em São Vicente, desde a tomada de posse da nova Direção eleita em Outubro do ano transato.

 

Conselho Local da Praia aposta em projetos destinados aos idosos, juventude e desporto e a saúde

Com 43 anos de existência, o Conselho Local da Praia pretende executar um conjunto de projetos que têm como públicos-alvo os idosos, a juventude e o desporto. Segundo o seu Coordenador, Fernando Tavares: Médico e militar de profissão, a formação no setor da saúde – Primeiros Socorros também é uma aposta, pois tenciona-se capacitar os voluntários e não só, para auxiliar a comunidade nas suas necessidades básicas.

Fazer chegar as informações de boas práticas e saúde à sociedade e preparar os voluntários para transmitir de forma correta as mensagens e os esclarecimentos às pessoas, constituem os principais objetivos dos programas do Conselho Local da Praia. Nesse sentido, vem capacitando os voluntários nos vários domínios, a começar pela formação em Primeiros Socorros.

A formação em Salvamento aquático visa oferecer aos formandos suporte básico para efetuar “socorrismo” nas principais praias do mar da cidade da Praia e sensibilizar a sociedade sobre os cuidados que se deve ter, para que não haja morte por afogamento. Sendo assim, a formação vai ser realizada em “Kebra Canela” para os voluntários, elementos da proteção civil e o público presente, em parceria com os nadadores-salvadores.

Tendo em conta a importância das pessoas na terceira idade na nossa sociedade, o Conselho Local da Praia juntamente com o Ministério da Saúde pretende dar aos idosos um tratamento ainda melhor, pois segundo Tavares mesmo com um Centro de Dia da Terceira Idade, a Sociedade Nacional da CV sozinha não consegue dar resposta aos cuidados de saúde que as pessoas na terceira idade precisam.

Importa realçar também o projeto a nível da juventude e do desporto que tem como base o programa da Presidência da República “Menos Álcool Mais Vida”, que pretende identificar as zonas de risco do uso abusivo de álcool, para junto da comunidade e das escolas minimizar e combater esta realidade. De referir que a equipa de Coordenação do Concelho Local da Praia tomou posse a 5 de Junho deste ano, constituído por Fernando Tavares como Coordenador, tendo como colaboradores Anísio Almeida, Evandro Lopes e Patrick Sena.

Introduza as suas credenciais